OS DESCONTOS SERÃO APLICADOS NO CARRINHO
×

Blog

Moda agênero e a liberdade de comportamento nas passarelas

A diversidade de gênero tem sido destaque em diferentes rodas de conversa, debates em empresas e principalmente na moda. A construção de coleções baseadas no gênero masculino e feminino começaram a parecer ultrapassadas, dando lugar a uma passarela plural com liberdade de comportamento.

Ainda que o tema pareça novidade, experimentar roupas do sexo oposto e brincar com o estilo andrógeno foi um comportamento visto na década de 70 e que ganhou um público fiel até os dias de hoje. Um exemplo disso é o estilo de Fiuk – participante da 21ª edição do Big Brother Brasil.

Direto das passarelas, outro exemplo recente é um desfile da Gucci em 2015, assinado por Alessandro Michele, que já trazia uma união de peças “de homens” e “de mulheres” de forma mais livre.

peças agênero

Apesar de tímido, essas iniciativas são fundamentais e abrem espaço para pensar como será a moda do futuro. Explicamos o que é esse movimento e como ele será visto nos próximos anos.

O que é moda agênero

O movimento agênero tem como objetivo trazer roupas que não tenham um gênero definido, deixando o consumidor escolher aquilo que lhe agrada mais. Muitas mulheres buscam a sessão masculina pois lá encontram mais conforto, enquanto os homens procuram por roupas mais justas, cores diferentes e cortes ousados presentes na sessão feminina.

Isso é o reflexo de um comportamento limitado a mulheres e homens. Por isso, romper as noções básicas estabelecidas pela indústria vão trazer mais liberdade às pessoas e promover uma mudança na referência obrigatória de gêneros na moda, enfraquecendo as limitações impostas e dando um novo significado a elas.

moda agênero

Um exemplo bem sucedido

A marca Lona cultiva a “linguagem do necessário” e traduz em suas vestimentas o que é a moda agênero. A marca busca agradar qualquer consumidor, oferecendo peças práticas e versáteis, sem demarcar estações e lançando modelos que já seguem os existentes. Esse movimento criativo de pegar as referências anteriores se chama moda circular.

Moda agênero

A moda agênero não se trata de roupas unissex. Ela busca quebrar estereótipos, ser neutra, com modelagem para qualquer tipo de corpo sem se importar com o gênero.

O que te faz bem?

Desde que moda é moda, a regra sempre foi clara: vista o que lhe faz bem, independente do rótulo social que a peça carregue. Por isso, é tão importante romper as barreiras que a indústria impõe.

Sem elas, não há pressão, não há limites e todo mundo pode ser o que quiser! O processo não é rápido e nem fácil, mas cada vez o mundo da moda parece próximo de priorizar o bem-estar do consumidor deixando o gênero de lado.

moda agênero

E aí, gostou do conteúdo? Continue acompanhando nossos artigos para ficar por dentro de todas as novidades do mundo da moda!

Anterior
Próximo

Deixe um comentário

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nossa loja. Ao navegar em nossa loja, você concorda com o uso de cookies?

Ok, entendi
×